Agenda

11 abr 2019 - 20:30 Pavilhão Teatro de Anônimo Rio de Janeiro
Parangolé

“São demônios os que destroem o poder bravio da humanidade.”
(Chico Science)

O Brasil parece viver em um estado constante de lama. Em acontecimentos recentes altamente trágicos, em que as barreiras se romperam em Mariana e Brumadinho, vimos a lama desaparecer com cidades, desapropriar pessoas e sumir com elas. A lama veio em estado de caos, engolindo tudo e todos, deixando um rastro de destruição e desordem.

Tudo em função do dinheiro e do lucro, numa visão egoísta e megalomaníaca, em que as pessoas e a natureza perdem completamente a importância.

Em 1954, durante o segundo mandato de Getúlio Vargas, a célebre frase “Um mar de lama” foi cunhada para descrever todo o sistema de corrupção que havia no governo naquele momento. Mas essa frase já retornou inúmeras vezes às manchetes dos jornais em tempos diferentes, sempre evidenciando que estamos completamente mergulhados neste completo lamaçal.

Além disso, precisamos falar de todas as lamas que nos circulam e onde nós mesmos mergulhamos: a lama dos exageros, dos desamores, dos desencantos... a lama vem e nos abraça!

Como tudo no mundo, a lama não é só negativa. Nos idos dos anos 90, em Recife, um movimento chamado Manguebeat exalta o mangue, e o caranguejo se torna o símbolo do movimento. O mangue é colocado como lugar de extrema importância, sendo ele um dos ecossistemas essenciais para a preservação da vida marinha e, também, o sustento de muitas famílias, com a captura dos caranguejos.

A lama, então, passa a ser o foco novamente, mas agora de uma maneira positiva, em sua potência máxima na geração da vida.

A lama chegou ao Parangolé! Nos lambuzamos de pensamentos e queremos expurgar todo esse mar de rejeitos que nos assola! Queremos o que pulsa, queremos a renovação e a vida.

Já dizia Chico Science: Preciso me organizar para desorganizar!
Façamos o levante e lutemos com nossas armas: ARTE, COLETIVIDADE e AMOR!

Teatro de Anônimo | Angelica Gomes+Fabio Freitas+Flavia Berton+Regina Oliveira+Shirley Britto
Banda Charanga Mutante | Bia Sabino+Eduardo Lolo+Gustavo Muniz+Michel Moreaux+Pedro Petrutes
Caco Chagas - Projeções
DJ Ivam Cruz

Convidades:
Georgia Bergamim (http://instagram.com/georgiabergamim)
Davi Ferreira

Apoio:
Cachaça Magnífica de Faria

Classificação: 16 anos
 

CONFIRME PRESENÇA!


Noites de Parangolé é um espetáculo-festa-cabaré que acontece desde 2008 no Rio de Janeiro. Misturamos circo, humor, teatro popular, projeções e música ao vivo, fazendo a cada edição um happening, uma performance única, inédita e viva. Propomos reflexões e provocações de forma irreverente e bem-humorada.

A colaboração na entrada é de R$ 20 e, para que o sonho não morra, passamos o chapéu. Com ele, estimulamos a colaboração consciente, dando a oportunidade de cada espectador/parceiro contribuir com o que é possível, pois só a entrada não garante a
manutenção deste projeto.

Próximos eventos

17 dez 2020 - 20:00
Na sua casa
@ Na sua cidade
Em todo mundo abunda alguma coisa. A natureza é abundante. A vida é abundante. Estar vivo é ser abundante. O que te... Leia Mais
12 set 2020 - 17:00
Na sua casa
@ Rio de Janeiro
Vocês estão se perguntando o que é Tardes de Parangolé, não é mesmo? Bem, pensamos em ampliar desta vez nosso... Leia Mais
23 jul 2020 - 18:00
Na sua casa
@ Rio de Janeiro
... pois talvez a madrugada seja o tempo de pensar e não o de dormir... Teatro de Anônimo | Fabio Freitas + Flavia... Leia Mais

Últimas no Blog

O que fica de sentimento para quem trabalha com o olho no olho, com o contato...

Leia mais

A segunda-feira vai chegar, independentemente do resultado. E continuaremos...

Leia mais

Toda quarta às15h30, acontecem as aulas de acroyoga com o professor Jaime Esteban...

Leia mais